Detalhes: Grupo->Gramíneas | Produto ->Aveia Preta

A Aveia Preta é um cereal originário da Ásia antiga, encontrada como invasora do trigo e cevada, as culturas mais importantes dos agricultores primitivos. Desta região passou para a Europa, cujas condições de solo e clima permitiram expansão da cultura, tornando-se importante fonte para alimentação humana e animal. No Brasil, a época de introdução da aveia não está estabelecida. Segundo a literatura, foram os espanhóis que introduziram a cultura da aveia na América.
A Aveia Preta pode ser utilizada na forma de forragem, de pastejo, feno, silagem pré-secada, silagem de planta inteira, duplo propósito, cobertura de solo e adubação verde.
O ciclo da Aveia Preta é muito variável (emergência a maturação), desde 120 até 200 dias. Essa variação depende entre outros fatores da cultivar, da época de semeadura, latitude, longitude e altitude. Existe uma considerável diversidade do gênero Avena em relação ao fotoperíodo, sendo considerada uma planta de dias longos.

As aveias são espécies de estação fria, porém existe cultivares adaptadas às regiões de climas mais quentes. Podem ser cultivados na maioria das regiões sul e centro-oeste do país, porém, não se recomenda o cultivo em locais excessivamente úmidos, onde é intenso o ataque de ferrugem.
A Aveia Preta é a principal espécie para uso forrageiro. Por muitos anos a base da alimentação dos animais sob pastejo tem sido esta espécie.
A Aveia Preta se adapta em diferentes regiões de clima temperado ou subtropical, sendo que golpes de calor na floração (temperaturas acima de 32 ºC) provocam esterilidade e aceleram a maturação das sementes (menor produção e menor peso de grãos).
Quanto à altitude as aveias são cultivas desde o nível do mar até 1000 m acima. A Aveia Preta possui ampla adaptabilidade, e é cultivada principalmente no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e Espírito Santo, em locais onde a temperatura (20 - 25 ºC) favoreça o seu desenvolvimento vegetativo.
Produz bem em quase todos os tipos de solo, vegetando melhor naqueles com bom teor de matéria orgânica, permeáveis e bem drenados. A faixa de ph adequada para o desenvolvimento ideal é de 5,5 a 7,0. Em ph baixo (4,7) foi observado redução de 23% na produção de forragem.
A Aveia Preta responde a aplicação de calcário e adubação química. Na maioria das regiões a melhor época de semeadura das aveias é março/abril.

Ciclo vegetativo  Anual  
Forma de crescimento  Ereto  
Nivel de fertilidade do solo  Média/Alta  
Utilização  Pastejo Direto, Fenação e produção de grãos  
Indicação  Bovinos, Ovinos, Equinos, Muares e Caprinos  
Resistência a seca  Média  
Resistência a frio  Alta  
Resistência a umidade  Alta  
Resistência a cigarrinha  Alta  
Resistência a sombreamento  Baixa  
Acidez de solos  Tolerancia Baixa  
Producão de massa verde  40 ton/ha/ano  
Produção de matéria seca  5 a 8 ton/ha/ano  
Proteina bruta na matéria seca  13 a 15%  
Palatabilidade  Alta  
Digestibilidade  Alta  
Exigência de manejo  Média/Alta  
Volume de chuvas/ano  Acima de 800mm  
Profundidade de Plantio  2,0 a 4,0 cm  
Taxa de Semeadura  80 a 100 kg/ha  

Em Construção

Faça sua cotação para: Aveia Preta
*Nome:
*E-mail:
 *Estado:
 *Cidade:
 Endereço
(rua, nº, complemento):
 Bairro:
 CEP:
 *Telefone 1:
 Telefone 2:
 Celular:
*Assunto:
*Mensagem:
Mombaça, Calopogônio, Mucuna Anã, Massai, Feijão Guandu Anão, Brizantha, Feijão de Porco, Crotalária Juncea, Alfafa, Puerária, Ervilhaca, Piatã, MG-4, MG-5, Mucuna Cinza, Leucena, Grama Pensacola, Aveia Preta, Humidícola, Andropogon, Milho AL 25, Mamona, Girassol, Mucuna Preta, Capim Gordura, Milheto, Azevém, Milho Verde, Lab-Lab, Milho AL 34, Estilosantes, Dictyoneura (Llanero), Feijão Guandu, Soja Perene, Decumbens, Crotalária Spectabilis, Grama Batatais, Aruana, Nabo Forrageiro, Milho AL Bandeirante, Ruziziensis, Tanzânia, Tremoço Branco, Sorgo,

Araçatuba - São Paulo - Brasil - Fone/Fax: +55 (18) 3622-0407
©2017 - Todos os direitos reservados à Semeata Sementes LTDA - ESWebMarketing